Vale à pena associar a correção de desvio de septo com a Rinoplastia?

A insatisfação com o nariz faz muitas pessoas optarem por realizar a Rinoplastia, mas em alguns casos, além da parte estética também existe uma queixa funcional.  Para essas pessoas, associar a Rinoplastia com a Septoplastia é a combinação perfeita.

Se você tem dúvidas sobre esta associação, leia o texto!

O que é a Rinoplastia?

Através da Rinoplastia, a cirurgia plástica de nariz, o cirurgião plástico pode alterar formato e tamanho do nariz, alinhando e proporcionando mais harmonia facial.  Essa é uma das cirurgias plásticas mais realizadas em todo o mundo.

Para realizar a Rinoplastia não existe uma idade limite, mas para meninos o ideal é que seja realizada após os 17 anos, pois neste período se entende que a formação óssea já esteja completa.

No caso de meninas, normalmente o desenvolvimento é mais precoce e a cirurgia pode ser realizada a partir dos 15 anos. No entanto, a Rinoplastia é bastante procurada por mulheres e por homens de todas as idades.

O que é a Septoplastia?

O desvio de septo pode ocorrer em decorrência de deformidades ao longo da infância e adolescência ou ser ocasionado por algum trauma que o paciente tenha tido.

Com a obstrução nasal o paciente pode ter dificuldade em respirar, realizar atividades físicas por conta do cansaço, crises de Rinite e Sinusite frequentes, dores de cabeça e até mesmo problemas para dormir, como roncos e Apneia.

A Septoplastia é a cirurgia que permite corrigir o desvio de septo que ocasiona dificuldades ao paciente para respirar. É um procedimento de caráter funcional do nariz.

Leia Mais: Septoplastia conheça os benefícios e resultados

Como é feita a associação da Rinoplastia com a Septoplastia?

A Rinosseptoplastia como é conhecida, consiste em combinar a Rinoplastia com a Septoplastia.  Este é um procedimento cirúrgico muito comum, pois irá alinhar a estética com a funcionalidade, proporcionando além do bem estar mais autoestima aos pacientes.

O cirurgião plástico fará a analise facial do paciente, explicando o que pode ser alterado para que o resultado final seja harmonioso. Cada caso é único e deve ser considerado dentro das expectativas do paciente e as possibilidades cirúrgicas.

A Septoplastia leve pode ser realizada pelo próprio cirurgião plástico juntamente com a Rinoplastia, mas se o desvio de septo for algo mais acentuado, o ideal é que tenha a intervenção do Otorrino da equipe.

Para que seja comprovado o desvio de septo, o cirurgião plástico solicitará uma tomografia dos seios da face, exame que possibilita confirmar a alteração nasal.

Leia Mais: Rinosseptoplastia

Quais as vantagens de se associar as duas cirurgias?

Pacientes que além da queixa funcional do desvio de septo, não estão satisfeitos com a aparência do nariz, devem optar por realizar a Rinoplastia e a Septoplastia em conjunto.

Associar procedimentos cirúrgicos é muito vantajoso ao paciente, o tempo cirúrgico de ambas é considerado seguro, é possível pós-operatório, só será necessária uma anestesia e o período de recuperação das duas cirurgias é basicamente o mesmo.

Os cuidados necessários, restrições de pós-cirúrgico e medicamentos também são semelhantes, o que facilita a rotina para o paciente. Além disso a satisfação de respirar melhor e ter uma relação de qualidade com a própria imagem são os maiores benefícios.

O Dr. Iran Sanches é titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica e possui experiência de 30 anos em cirurgia plástica. Especialista em rinoplastia, cirurgia facial e cirurgia corporal, mas principalmente o Dr. Iran é especialista em elevar a autoestima dos pacientes.

Esse tópico o ajudou? Alguma dúvida adicional? Entre em contato com nossa equipe e agende um horário, estamos à sua disposição!

 Dr. Iran Sanches

Dr. Iran Sanches

Especialista em Rinoplastia e Cirurgia Plástica

 Dr. Iran Sanches

Dr. Iran Sanches

Especialista em Rinoplastia e Cirurgia Plástica

Dr. Iran Sanches - CRM – 64705 | Cirurgia Geral RQE – nº 13043 | Cirurgia Plastica RQE – nº 13401

Formado em Medicina em 1987 pela Universidade Federal do Paraná, concluiu residência de Cirurgia Geral credenciada e reconhecida pelo MEC em 1989 e em Cirurgia Plástica em 1992, reconhecida pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.

Já em 1992 foi aprovado em exames de provas e de curriculum, tendo recebido Título de Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, registrado pelo CREMESP, e pelo Conselho Federal de Medicina.

Em 1996 realizou curso de Cirurgia Plástica na New York University e no Manhattan Eye, Ear & Throat Hospital.

Em 2003 cursos no Mount Vernon Hospital, Northwood e no St. Thomas Hospital em Londres. Em 2012 no Lenox Hill Hospital em NY fellowship em cirurgia facial e foco em rinoplastia. Complementação da formação no Langone Medical Center da New York University.

Em 2016 ascensão a Membro Titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, com a apresentação do trabalho “Rinoplastia: Uma análise retrospectiva”. Esse trabalho científico é baseado na análise de 775 pacientes submetidos a Rinoplastia, entre 1993 e 2015, revelando importantes aspectos dessa casuística.

Anatomista convidado para ministrar vários cursos no MARC (Miami Anatomical Research Center) em anatomia associada a cirurgia facial e procedimentos faciais minimamente invasivos.

Participando com frequência de congressos científicos nacionais e internacionais, se mantem sempre atualizado com as últimas técnicas e procedimentos em Cirurgia Plástica, para proporcionar o melhor tratamento aos pacientes, sempre dentro de altos critérios ético-científicos.

Saiba Mais
Facebook
LinkedIn

Siga-nos nos Instagram:

foto doutor iran sanches operando

Preencha os campos abaixo e entraremos em contato o mais breve possível.

Esse site utiliza cookies para garantir uma melhor experiência. Clique em "Continuar" para aceitar e avançar.

Abrir Chat
Fale com o Dr. Iran Sanches
Olá! Como podemos te ajudar?