Quanto custa uma harmonização facial?

Todos desejam ter uma boa aparência, certo? Atualmente, com todas as redes sociais e selfies, o visual é bem mais valorizado, principalmente o rosto, maior foco de atenção.

É comum desejar uma mandíbula de ângulos mais acentuados, nariz mais arrebitado, lábios mais cheios e outras alterações que deixem nosso rosto mais harmônico. Para esses casos pode ser indicada a harmonização facial. Confira o texto e entenda tudo sobre esse procedimento!

O que é a harmonização facial?

Refere-se a uma técnica não invasiva, quer dizer não cirúrgica, que por meio de preenchimento promove alinhamento e correção dos ângulos faciais para proporcionar maior simetria, beleza e harmonia ou ressaltar essas características.

 A substância mais utilizada para o preenchimento é o ácido hialurônico, segura e compatível com o corpo humano, já que também o produzimos em nosso organismo. O ácido hialurônico é absorvido pelo corpo e pode durar até 18 meses, o que torna a harmonização facial um procedimento transitório.

Como é feita a harmonização facial?

É comum que os pacientes simulem os resultados da harmonização facial através de filtros em aplicativos ou se comparem a fotos de outras pessoas, como celebridades. Isso pode auxiliar a entender as expectativas do paciente, no entanto o profissional deve orientá-lo que não é possível prometer alcançar esses resultados.

A harmonização facial leva vários fatores em consideração, sendo necessário que o paciente seja avaliado em consulta pelo cirurgião plástico para que sejam definidos quais os procedimentos estéticos, mais adequados para o caso em específico.

São analisados pontos como a estrutura óssea facial, disponibilidade e qualidade de tecidos como gordura, músculos e pele e a proporcionalidade entre os terços faciais. É realizada uma avaliação completa do rosto, em posição de repouso e com expressões e movimentação da musculatura.

Ao definir quais os pontos ideais para aplicação do preenchimento, o cirurgião plástico irá aplicar uma camada de anestésico sob a pele e injetar o ácido hialurônico. O paciente não costuma sentir dor e a sessão dura em média meia hora.

Os resultados são muito satisfatórios e podem ser vistos logo após aplicação do produto. As regiões em que o preenchimento pode ser realizado são:

Malar: área das maçãs do rosto que podem ser aumentadas ou evidenciadas pelo preenchimento;

Mandíbula: Pode ser necessária mais definição do ângulo ou torná-la mais alongada;

Lábios: O preenchimento pode aumentar o volume dos lábios ou devolver o volume perdido com o passar dos anos, deixando-os mais cheios e bonitos;

Nariz: É possível modificar a ponta do nariz, elevando ou rebaixando, bem como realizar correção da largura e alinhamento do dorso nasal;

Sulco nasogeniano: O preenchimento pode ser usado nessa região também conhecida como bigode chinês para atenuar os sulcos e rejuvenescer a face;

Olheiras: A aplicação do preenchedor suaviza o aspecto das olheiras, removendo a aparência de cansaço do olhar.

Outros procedimentos podem complementar o resultado do preenchimento com ácido hialurônico.  Pode ser associado à aplicação de toxina botulínica que suaviza rugas na testa, canto dos olhos e linhas em torno da boca, peelings e sessões de laser que melhoram a textura, corrigem manchas e pequenas cicatrizes na pele, como as de acne.

Leia Mais: Como afinar o nariz?

Para quem é indicada a harmonização facial?

Indicada para pessoas que almejam maior equilíbrio do rosto e valorização da beleza e se incomodam com rugas, perda de volume na face e flacidez. O procedimento pode realizar correção de desarmonias e ângulos desproporcionais na face e a indicação pode ser feita para homens e mulheres.

Quanto custa uma harmonização facial?

As dúvidas relacionadas ao valor do procedimento são muito frequentes para aqueles que buscam realizar a harmonização facial. Para entender como ele é calculado, o paciente precisa compreender que alguns pontos afetam o preço final:

Volume e quantidade do produto: Após avaliação com o profissional será definida corretamente a área ou as áreas onde ser aplicado o preenchimento.

O ácido hialurônico é cobrado pelo volume utilizado. As seringas disponíveis são individuais e de 1militro (1ml), portanto a cotação desse custo é dependente ou proporcional a quantidade de volume utilizado na aplicação.

Marca e qualidade do produto: A marca comercial da substância utilizada no preenchimento precisa ter certificação junto à ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). É possível verificar no site da instituição se o produto informado está liberado.

Os produtos regulamentados tem investimento em pesquisas constantes que atestam sua eficácia e segurança, também estão sob o regime de impostos, o que onera seus custos. É importante que o paciente se atente a produtos muito baratos, eles podem não passar por essa fiscalização adequada.

No momento da aplicação, confira se a embalagem estava lacrada e se o material utilizado, de forma a evitar qualquer tipo de exposição. Pergunte sobre o produto, se o anunciado confere com o que será aplicado. Essas informações fornecidas pela clínica e pelo profissional tranquilizam o paciente.

Local onde o profissional atende: Como a aplicação de preenchimento não requer suporte de ambiente hospitalar e pode ser realizada em clínicas e consultórios, o paciente deve buscar locais com uma boa reputação. Essa pesquisa pode ser feita pela internet, a avaliação de outros pacientes é um bom critério nessa escolha.

Da mesma forma que o produto, a clínica onde o profissional atende e também realiza os procedimentos precisa ter regulamentação e atender às condições de higiene indicadas pela vigilância sanitária.

Experiência do profissional: O valor dos honorários médicos deve ser proporcional a toda a bagagem do profissional e a qualidade dos resultados que ele entrega.

O paciente precisa buscar um cirurgião plástico que tenha bastante experiência na manipulação da substância preenchedora, com vários anos de atuação na área, alto conhecimento da anatomia facial, bom senso estético e capacitação para realizar o procedimento.

Leia Mais: O que o ácido Hialurônico faz no nariz?

O Dr. Iran Sanches é titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica e possui experiência de 30 anos em cirurgia plástica. Especialista em rinoplastia, cirurgia facial e cirurgia corporal, o Dr. Iran é especialista em elevar a autoestima dos pacientes.

Esse tópico o ajudou? Alguma dúvida adicional? Entre em contato com nossa equipe e agende um horário, estamos à sua disposição!

 Dr. Iran Sanches

Dr. Iran Sanches

Especialista em Rinoplastia e Cirurgia Plástica

 Dr. Iran Sanches

Dr. Iran Sanches

Especialista em Rinoplastia e Cirurgia Plástica

Dr. Iran Sanches - CRM – 64705 | Cirurgia Geral RQE – nº 13043 | Cirurgia Plastica RQE – nº 13401

Formado em Medicina em 1987 pela Universidade Federal do Paraná, concluiu residência de Cirurgia Geral credenciada e reconhecida pelo MEC em 1989 e em Cirurgia Plástica em 1992, reconhecida pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.

Já em 1992 foi aprovado em exames de provas e de curriculum, tendo recebido Título de Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, registrado pelo CREMESP, e pelo Conselho Federal de Medicina.

Em 1996 realizou curso de Cirurgia Plástica na New York University e no Manhattan Eye, Ear & Throat Hospital.

Em 2003 cursos no Mount Vernon Hospital, Northwood e no St. Thomas Hospital em Londres. Em 2012 no Lenox Hill Hospital em NY fellowship em cirurgia facial e foco em rinoplastia. Complementação da formação no Langone Medical Center da New York University.

Em 2016 ascensão a Membro Titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, com a apresentação do trabalho “Rinoplastia: Uma análise retrospectiva”. Esse trabalho científico é baseado na análise de 775 pacientes submetidos a Rinoplastia, entre 1993 e 2015, revelando importantes aspectos dessa casuística.

Anatomista convidado para ministrar vários cursos no MARC (Miami Anatomical Research Center) em anatomia associada a cirurgia facial e procedimentos faciais minimamente invasivos.

Participando com frequência de congressos científicos nacionais e internacionais, se mantem sempre atualizado com as últimas técnicas e procedimentos em Cirurgia Plástica, para proporcionar o melhor tratamento aos pacientes, sempre dentro de altos critérios ético-científicos.

Saiba Mais
Facebook
LinkedIn

Siga-nos nos Instagram:

foto doutor iran sanches operando

Preencha os campos abaixo e entraremos em contato o mais breve possível.

Esse site utiliza cookies para garantir uma melhor experiência. Clique em "Continuar" para aceitar e avançar.

Abrir Chat
Fale com o Dr. Iran Sanches
Olá! Como podemos te ajudar?