Quando recorrer a uma rinoplastia secundária?

Rinoplastia Secundária

O desejo de afinar, arrebitar ou até mesmo reestruturar o nariz é o que faz muitas pessoas procurarem pela rinoplastia. Entretanto, esse é um procedimento bastante complexo. Por esse motivo, quem já se submeteu a uma cirurgia de nariz e não gostou do resultado pode pensar em fazer uma rinoplastia secundária. Também chamada de rinoplastia de correção ou de revisão, essa nova intervenção costuma ser realizada buscando o melhor resultado possível.

O que é a rinoplastia secundária?

A rinoplastia secundária é conhecida como a cirurgia para corrigir uma rinoplastia mal sucedida. Dessa forma, é indicada para os pacientes que já realizaram uma ou mais cirurgias plásticas nasais. Ou seja, se o paciente, mesmo após o tempo de recuperação orientado pelo médico, não obteve o resultado estético ou funcional pretendido, ele pode procurar por esse procedimento.

Como as estruturas e características anatômicas do nariz já foram modificadas previamente, a rinoplastia secundária é muitas vezes considerada como um procedimento mais complexo. Por esse motivo, a cirurgia exige um profissional experiente e que tenha conhecimentos específicos para lidar com tecido cicatricial e menos cartilagem.

Quando posso realizar a rinoplastia secundária?

O tempo do processo de cicatrização da cirurgia plástica do nariz é elevado e, ao longo dele, podem ocorrer alterações estéticas e funcionais. Ou seja, é necessário aguardar a recuperação completa da primeira rinoplastia. Somente após isso é que o paciente pode ser submetido a uma nova cirurgia. Assim, o intervalo entre o procedimento inicial e a rinoplastia secundária, no geral, é de no mínimo 1 ano.

É imprescindível que esse tempo mínimo seja respeitado, dando tempo para as estruturas do nariz se recuperarem e cicatrizarem completamente. Além disso, o resultado definitivo de uma cirurgia plástica nasal leva cerca de 6 meses para poder ser observado, já que o inchaço influencia muito na aparência do nariz.

Para quais casos serve?

O paciente pode ser submetido a uma rinoplastia secundária quando não estiver satisfeito com algum aspecto do nariz, seja funcional ou estético. Desse modo, normalmente as pessoas que buscam por um novo procedimento é por conta de:

  • Primeira rinoplastia mal sucedida e com problemas, como em situações nas quais o procedimento foi mal executado, causando assimetria, tortuosidades, dorso baixo e outros;
  • Insatisfação do paciente com o resultado da rinoplastia primária. Mesmo sem nenhum erro médico, esses casos podem ocorrer quando as expectativas e a realidade do procedimento não foram alinhadas.

Caberá ao médico especialista em rinoplastia secundária avaliar se esse procedimento é o mais adequado e se é possível fazer as mudanças almejadas.

Qualquer cirurgião pode realizar rinoplastia secundária?

A rinoplastia secundária é um procedimento ainda mais delicado e complexo que a primária. Isso porque as estruturas do nariz já passaram por modificações antes, estando mais sensíveis. Além disso, pode haver a necessidade de enxertos para modelar o nariz. O especialista ainda terá que lidar com uma quantidade menor de tecidos, que estarão mais firmes e com fibrose.

Dessa forma, a rinoplastia secundária precisa ser realizada por um cirurgião especialista. É importante que ele seja registrado pelo Conselho Regional de Medicina (CRM) e membro titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP).

Por conta da complexidade, apenas um especialista será capaz de fazer uma avaliação dos aspectos estéticos e funcionais do nariz e se os tecidos permitem essa cirurgia de reparação. Assim, cabe ao cirurgião analisar se é possível fazer um novo procedimento, com base no grau de insatisfação do paciente e as suas principais queixas.

Enxertos para a rinoplastia secundária

Se para realizar a rinoplastia secundária houver a necessidade do uso de enxertos, a alternativa é retirar a cartilagem de outras regiões do corpo do paciente para poder reparar o nariz. Como a cartilagem do septo nasal já foi utilizada na primeira operação, o cirurgião precisará partir para outras áreas, como ossos da costela ou orelhas.

O que o paciente deve esperar da rinoplastia secundária?

É extremamente importante ter uma conversa bastante honesta e aberta com o cirurgião não só para entender se há indicação para uma rinoplastia secundária. É preciso também alinhar corretamente as expectativas que você tem com os resultados que são possíveis para o seu caso. Além disso, o cirurgião deve deixar claro os prós e os contras dessa intervenção, pois isso é estipulado levando em conta as características de cada paciente, como foi feita a primeira cirurgia e etc.

Segunda Cirurgia de Rinoplastia

Após a recuperação completa da rinoplastia secundária, espera-se que os resultados estéticos sejam refinados, bem como as funcionais, melhorando a respiração do paciente. Dessa forma, esse procedimento pode ajudar tanto na autoestima como no bem-estar do paciente.

Dr. Iran Sanches

Conheça o Dr. Iran Sanches e tenha todos os benefícios deste método à sua disposição! Entre em contato conosco e agende sua rinoplastia.

 Dr. Iran Sanches

Dr. Iran Sanches

Especialista em Rinoplastia e Cirurgia Plástica

 Dr. Iran Sanches

Dr. Iran Sanches

Especialista em Rinoplastia e Cirurgia Plástica

Dr. Iran Sanches - CRM – 64705 | Cirurgia Geral RQE – nº 13043 | Cirurgia Plastica RQE – nº 13401

Formado em Medicina em 1987 pela Universidade Federal do Paraná, concluiu residência de Cirurgia Geral credenciada e reconhecida pelo MEC em 1989 e em Cirurgia Plástica em 1992, reconhecida pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.

Já em 1992 foi aprovado em exames de provas e de curriculum, tendo recebido Título de Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, registrado pelo CREMESP, e pelo Conselho Federal de Medicina.

Em 1996 realizou curso de Cirurgia Plástica na New York University e no Manhattan Eye, Ear & Throat Hospital.

Em 2003 cursos no Mount Vernon Hospital, Northwood e no St. Thomas Hospital em Londres. Em 2012 no Lenox Hill Hospital em NY fellowship em cirurgia facial e foco em rinoplastia. Complementação da formação no Langone Medical Center da New York University.

Em 2016 ascensão a Membro Titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, com a apresentação do trabalho “Rinoplastia: Uma análise retrospectiva”. Esse trabalho científico é baseado na análise de 775 pacientes submetidos a Rinoplastia, entre 1993 e 2015, revelando importantes aspectos dessa casuística.

Anatomista convidado para ministrar vários cursos no MARC (Miami Anatomical Research Center) em anatomia associada a cirurgia facial e procedimentos faciais minimamente invasivos.

Participando com frequência de congressos científicos nacionais e internacionais, se mantem sempre atualizado com as últimas técnicas e procedimentos em Cirurgia Plástica, para proporcionar o melhor tratamento aos pacientes, sempre dentro de altos critérios ético-científicos.

Saiba Mais
Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn

Siga-nos nos Instagram:

foto doutor iran sanches operando

Preencha os campos abaixo e entraremos em contato o mais breve possível.

Esse site utiliza cookies para garantir uma melhor experiência. Clique em "Continuar" para aceitar e avançar.

Abrir Chat
Fale com o Dr. Iran Sanches
Olá! Como podemos te ajudar?