Formatos de nariz

Para a cirurgia de rinoplastia um dos fatores mais importantes a serem considerados é o formato do nariz. Vamos lhe explicar sobre os diferentes formatos de nariz e assim ficará mais fácil reconhecer o seu tipo.

Confira o texto!

Quais formatos de nariz existem?

Os brasileiros costumam se interessar bastante por procedimentos estéticos e por cirurgias plásticas, tendo grande preocupação com a aparência e em manter uma boa relação com a própria imagem.

Uma das cirurgias plásticas mais procuradas pelos brasileiros é a cirurgia de rinoplastia. Pela grande miscigenação da nossa população, podemos encontrar diversos tipos de nariz, com formatos variados.

Os formatos de nariz mais comuns são:

Nariz adunco: A principal característica desse formato de nariz é a curvatura da ponta bem proeminente para baixo. Essa característica se apresenta de forma mais marcante quando a pessoa sorri, pode ser similar ao formato de nariz caucasiano ou romano.

Nariz curto ou asiático: Se caracteriza principalmente pelo dorso sem elevação, podendo ser mais achatado, a pele nesse caso é um pouco mais grossa. Os pacientes costumam desejar levantar o dorso, quando buscam a rinoplastia, também é comum o desejo de reduzir o tamanho das asas nasais.

Nariz negroide: Esse formato de nariz costuma ser característico da ascendência africana. As pessoas com esse formato de nariz possuem asas nasais mais largas, ponta mais arredondada e dorso de tamanho mais reduzido, similar ao nariz asático. Nesse tipo de nariz a pele também é mais grossa.

A rinoplastia para esses pacientes é geralmente focada em diminuir as asas, alterar o dorso e a ponta ou uma combinação dessas técnicas para um resultado mais harmônico e completo.

Nariz caucasiano: Também conhecido como nariz romano, é comum em pessoas com descendência italiana. Esse formato se caracteriza pela giba nasal elevada, mais perceptível na posição perfil, essa é inclusive a maior queixa dos pacientes que possuem esse tipo de nariz e buscam a rinoplastia.

Nariz fino e arrebitado: Apresenta a área entre os olhos e narinas mais estreitas, a ponta é mais arrebitada e a forma do dorso é levemente côncava.

Esse formato de nariz é muito almejado, é comum que os pacientes levem fotos de inspiração de celebridades que possuem esse tipo de nariz para que o cirurgião plástico possa reproduzir.

No entanto, é importante verificar a harmonia de todo o rosto em relação ao nariz para que alguma alteração em sua estética seja realizada. O resultado da rinoplastia não deve descaracterizar o paciente, mas sim ressaltar a sua beleza dos seus traços.

Leia mais: Diferenças entre nariz negroide e nariz caucasiano para a rinoplastia

Quais os aspectos do nariz são considerados para a rinoplastia?

Para a realização da cirurgia de rinoplastia o cirurgião plástico considera diversos aspectos do paciente e do nariz, entre eles estão:

Espessura da pele: Esse fator é muito importante para a rinoplastia, a espessura da pele do paciente influencia a maleabilidade de todas as estruturas nasais.

O quão maleável é a pele altera a modificação que pode ser realizada no nariz. A pele mais grossa traz limitações de resultados e cicatrização mais demorada, pode levar em média até dois anos para que a percepção do resultado seja completa.

O oposto ocorre quando o paciente possui uma espessura de pele mais fina. Nesses casos a pele proporciona maior e mais rápida visualização das alterações realizadas nas cartilagens e ossos.

Estrutura nasal: Um cirurgião plástico com experiência e especialidade em rinoplastia, analisa não somente a parte estética, mas também as estruturas funcionais do nariz.

Uma estrutura interna mais frágil e fina pode requerer uso de enxertos para dar mais sustentação e segurança, o que pode limitar a atuação do cirurgião plástico.

Algumas outras questões também são importantes na avaliação do paciente para rinoplastia:

Gênero: A rinoplastia tem abordagens diferentes para todos os pacientes, baseada em suas individualidades. Isso também ocorre entre narizes masculinos e femininos quanto à aparência e harmonia dos traços faciais.

Nariz primário: Outra consideração a ser pensada para a rinoplastia é se o nariz está natural ou já sofreu alguma intervenção cirúrgica.

 Quando o nariz já foi operado, o cirurgião plástico terá que trabalhar com menos tecido para sustentação do novo formato de nariz, bem como irá lidar com o tecido cicatricial resultante da cirurgia anterior.

Cada caso é único, como já dissemos esse aspecto e todos os outros já citados influenciam sim nas possibilidades de modificações do nariz, mas não são impedimentos para que o cirurgião plástico proporcione mudanças satisfatórias para o paciente.

Quando o nariz já passou por rinoplastia, é preciso que o paciente mostre ao cirurgião plástico especialista em rinoplastia o formato antes da cirurgia, para que sejam avaliadas quais as alterações indicadas e possíveis para aquele caso.

Agora que você reconhece o seu formato de nariz e quais os aspectos são considerados na análise, se atente sempre às qualificações do cirurgião plástico e se o mesmo possui especialidade em rinoplastia.

As redes sociais e o site oficial da clínica são ótimos meios de checagem dessas informações, bem como os relatos de pacientes que já realizaram procedimentos com esse médico.

Leia mais: Rinoplastia pele grossa e pele fina
 Dr. Iran Sanches

Dr. Iran Sanches

Especialista em Rinoplastia e Cirurgia Plástica

 Dr. Iran Sanches

Dr. Iran Sanches

Especialista em Rinoplastia e Cirurgia Plástica

Dr. Iran Sanches - CRM – 64705 | Cirurgia Geral RQE – nº 13043 | Cirurgia Plastica RQE – nº 13401

Formado em Medicina em 1987 pela Universidade Federal do Paraná, concluiu residência de Cirurgia Geral credenciada e reconhecida pelo MEC em 1989 e em Cirurgia Plástica em 1992, reconhecida pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.

Já em 1992 foi aprovado em exames de provas e de curriculum, tendo recebido Título de Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, registrado pelo CREMESP, e pelo Conselho Federal de Medicina.

Em 1996 realizou curso de Cirurgia Plástica na New York University e no Manhattan Eye, Ear & Throat Hospital.

Em 2003 cursos no Mount Vernon Hospital, Northwood e no St. Thomas Hospital em Londres. Em 2012 no Lenox Hill Hospital em NY fellowship em cirurgia facial e foco em rinoplastia. Complementação da formação no Langone Medical Center da New York University.

Em 2016 ascensão a Membro Titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, com a apresentação do trabalho “Rinoplastia: Uma análise retrospectiva”. Esse trabalho científico é baseado na análise de 775 pacientes submetidos a Rinoplastia, entre 1993 e 2015, revelando importantes aspectos dessa casuística.

Anatomista convidado para ministrar vários cursos no MARC (Miami Anatomical Research Center) em anatomia associada a cirurgia facial e procedimentos faciais minimamente invasivos.

Participando com frequência de congressos científicos nacionais e internacionais, se mantem sempre atualizado com as últimas técnicas e procedimentos em Cirurgia Plástica, para proporcionar o melhor tratamento aos pacientes, sempre dentro de altos critérios ético-científicos.

Saiba Mais
Facebook
LinkedIn

Siga-nos nos Instagram:

foto doutor iran sanches operando

Preencha os campos abaixo e entraremos em contato o mais breve possível.

Esse site utiliza cookies para garantir uma melhor experiência. Clique em "Continuar" para aceitar e avançar.

Abrir Chat
Fale com o Dr. Iran Sanches
Olá! Como podemos te ajudar?