Como tratar a flacidez facial?

Após os 30 anos nosso corpo tem uma queda considerável na produção de colágeno e a consequência é a flacidez de pele, inclusive a facial. Com o avanço da tecnologia na área estética, existem alguns procedimentos que podem auxiliar o tratamento dessa flacidez.

Quando está no estágio inicial são indicados preenchimento, bioestimuladores, laser, mas a principal indicação para auxiliar tratamento da queixa elevada de flacidez, a cirurgia plástica de facelifting.

Se você se interessou sobre o assunto, leia o texto!

Conheça os métodos que tratam e reduzem consideravelmente a flacidez facial. Temos desde procedimentos estéticos não invasivos até a cirurgia plástica. A indicação para cada uma dessas técnicas depende da avaliação do cirurgião plástico.

Bioestimuladores

No mercado estético temos três tipos: Sculptra®, Radiesse® e Ellanse®.

Sculptra® Em sua composição está presente  o ácido poli-L-lático (PLLA), atua estimulando o produção de colágeno no organismo, propiciando sustentação e firmeza da pele  facial.

O tratamento deve ser feito através de aplicações injetáveis no rosto, antes de iniciar o cirurgião plástico aplicará uma fina camada de pomada anestésica, evitando assim desconforto do paciente.

Devem ser feitas ao menos 3(três) sessões com intervalo de um a dois meses entre elas. O efeito já pode ser notado um mês após a 1ª sessão e dura em média dois anos.

Radiesse®  composto por Microesferas de Hidroxiapatita de cálcio, Água estéril para injeção, Glicerina e Carboximetilcelulose de sódio, também é um potente Bioestimulador injetável. 

Auxilia na produção de colágeno e suaviza rugas de expressão. Assim como o Sculptra® o Radieese® também necessita de uma aplicação anestésica de pomada, e o produto é injetado a seguir na pele.

Já o número de sessões tende ser um pouco maior, sendo necessárias até 5, com um intervalo de no mínimo um mês entre elas. Após a primeira sessão já se nota uma pele mais saudável e bonita,  a duração do produto no organismo pode chegar a 2 anos.

Ellanse® na sua composição tem 70% de gel de Carboximetilcelulose e 30% de microesferas de Policaprolactona. Esse produto é usado em suturas e implantes por ser reabsorvido pelo organismo, devolvendo firmeza e volume a pele e a deixando mais jovial. A sua aplicação é feita por agulhas finas em pontos específicos da face, o procedimento demora cerca de 30 minutos.

A diferença entre os bioestimuladores citados acima é que o Ellanse® já mostra seu resultado após a aplicação e sessões futuras devem ser avaliadas com o cirurgião plástico se houver necessidade. Seu efeito também é mais duradouro se comparado aos Sculptra® e Radiesse® podendo chegar até 36 meses.

Laser

Indicado para rejuvenescimento facial, temos o Laser de CO2 e a Luz pulsada.

Laser de CO2: tratamento que remove parte da epiderme, camada da pele  superficial, proporcionando uma renovação da pele da face. Ameniza manchas de acne, olheiras e flacidez facial.

Antes de iniciar o Laser o cirurgião plástico faz a limpeza da pele do paciente, em seguida se aplica uma camada de creme anestésico. Os olhos dos pacientes devem receber uma proteção específica durante todo o procedimento. O Laser é realizado com disparos de luzes em toda a região da face e pescoço.

Alguns dias após o Laser a pele sofrerá uma descamação para o surgimento de uma nova pele mais saudável. Esse processo pode demorar em torno de 2 semanas. São recomendados de 3 a 5 sessões com intervalos de 30 dias cada, mas isso será avaliado pelo cirurgião plástico.

Luz pulsada: minimiza rugas, manchas de pele e promove sustentação da face, estimulando a produção de colágeno.

Seguindo a mesma preparação do Laser de CO2, o cirurgião plástico irá iniciar a sessão, onde feixes de luz serão direcionados na face do paciente. O calor gerado atingirá a derme que é a segunda camada da nossa pele, portanto tem efeito mais profundo, promovendo a regeneração.

A quantidade de sessões varia de acordo com a necessidade de cada paciente e o resultado vai aparecendo ao longo dessas sessões.  Após a aplicação tanto do Laser de CO2 como o de Luz Pulsada é indicado aos pacientes que evitem exposição solar e sempre façam uso de protetor solar com fator acima de 30.

Todos os procedimentos citados acima podem e são realizados em consultório, sem a necessidade de afastamento médico.

Leia Mais: Blefaroplastia a laser

Para pacientes que possuem grau de flacidez maior a indicação é cirúrgica!

Para pacientes onde o grau de flacidez é alto e já está instalado, o procedimento indicado é o Facelifting. É um procedimento cirúrgico, realizado em ambiente hospitalar, que visa o rejuvenescimento facial.

O Facelifting normalmente é realizado em pacientes acima de 45 anos. Através dessa técnica o cirurgião plástico fará o deslocamento da pele da face do paciente e removerá pele e gordura excedente. No caso da remoção de gordura, muitas vezes acumuladas no pescoço, será realizada uma Lipoaspiração com um pequeno corte logo abaixo do queixo.

Com as devidas demarcações feitas na face do paciente, após remoção de pele e gordura o cirurgião plástico irá realocar a pele. As cicatrizes ficarão na linha do cabelo e atrás das orelhas, para que não sejam totalmente visíveis, portanto o paciente pode ficar tranquilo quanto a isso.

O pós-operatório é muito importante para o resultado final e as orientações do cirurgião plástico devem ser seguidas corretamente. O paciente deverá sair do hospital com uma faixa em volta do rosto, lembrando um capacete. Nos primeiros dias deve manter um repouso mais rigoroso, porém aos poucos poderá retomar as atividades rotineiras.

É importante que o paciente entenda que a cirurgia de Facelifting reduz os efeitos do envelhecimento de forma muito eficiente e significativa, mas não os bloqueia. O que ocorre é que o processo natural de envelhecimento continua, mas a partir de uma face já bem mais rejuvenescida.

Leia Mais: Como é a recuperação do Lifting facial

O efeito do Facelifting costuma ser muito satisfatório, pois realça a beleza e rejuvenesce a área de maior destaque do nosso corpo. Nosso rosto expressa nossa personalidade e emoções e todos queremos estar em nossa melhor versão, não é mesmo? A cirurgia plástica pode ajudar a conseguir esse objetivo, desde que realizada com um profissional capacitado.

O Dr. Iran Sanches é titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica e possui experiência de 30 anos em cirurgia plástica. Especialista em rinoplastia, cirurgia facial e cirurgia corporal, mas principalmente o Dr. Iran é especialista em elevar a autoestima dos pacientes.

Esse tópico o ajudou? Alguma dúvida adicional? Entre em contato com nossa equipe e agende um horário, estamos à sua disposição!

 Dr. Iran Sanches

Dr. Iran Sanches

Especialista em Rinoplastia e Cirurgia Plástica

 Dr. Iran Sanches

Dr. Iran Sanches

Especialista em Rinoplastia e Cirurgia Plástica

Dr. Iran Sanches - CRM – 64705 | Cirurgia Geral RQE – nº 13043 | Cirurgia Plastica RQE – nº 13401

Formado em Medicina em 1987 pela Universidade Federal do Paraná, concluiu residência de Cirurgia Geral credenciada e reconhecida pelo MEC em 1989 e em Cirurgia Plástica em 1992, reconhecida pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.

Já em 1992 foi aprovado em exames de provas e de curriculum, tendo recebido Título de Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, registrado pelo CREMESP, e pelo Conselho Federal de Medicina.

Em 1996 realizou curso de Cirurgia Plástica na New York University e no Manhattan Eye, Ear & Throat Hospital.

Em 2003 cursos no Mount Vernon Hospital, Northwood e no St. Thomas Hospital em Londres. Em 2012 no Lenox Hill Hospital em NY fellowship em cirurgia facial e foco em rinoplastia. Complementação da formação no Langone Medical Center da New York University.

Em 2016 ascensão a Membro Titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, com a apresentação do trabalho “Rinoplastia: Uma análise retrospectiva”. Esse trabalho científico é baseado na análise de 775 pacientes submetidos a Rinoplastia, entre 1993 e 2015, revelando importantes aspectos dessa casuística.

Anatomista convidado para ministrar vários cursos no MARC (Miami Anatomical Research Center) em anatomia associada a cirurgia facial e procedimentos faciais minimamente invasivos.

Participando com frequência de congressos científicos nacionais e internacionais, se mantem sempre atualizado com as últimas técnicas e procedimentos em Cirurgia Plástica, para proporcionar o melhor tratamento aos pacientes, sempre dentro de altos critérios ético-científicos.

Saiba Mais
Facebook
LinkedIn

Siga-nos nos Instagram:

foto doutor iran sanches operando

Preencha os campos abaixo e entraremos em contato o mais breve possível.

Esse site utiliza cookies para garantir uma melhor experiência. Clique em "Continuar" para aceitar e avançar.

Abrir Chat
Fale com o Dr. Iran Sanches
Olá! Como podemos te ajudar?