Como é o curativo na primeira semana pós-rinoplastia?

Como é o curativo na primeira semana pós-rinoplastia

Os benefícios para a autoestima que uma cirurgia estética pode proporcionar são visíveis. Muda-se tudo, a postura frente ao meio social e principalmente a relação com o espelho. Sem falar do ganho funcional, como é o caso da rinoplastia que além de embelezar pode melhorar a qualidade de vida.

As pessoas que sonham em se submeter à rinoplastia para melhorar o aspecto do nariz costumam pesquisar bastante, principalmente sobre o pós-operatório. Um dos pontos mais frequentes de dúvida é o pós-operatório e o curativo que o cirurgião plástico irá utilizar. Se esse é um dos seus questionamentos, fique atento ao texto, vamos te explicar tudo sobre isso!

 

Você deve estar se perguntando: Afinal, como é o curativo depois de uma rinoplastia?

Inicialmente, é preciso saber da importância de seguir todas as recomendações do cirurgião plástico desde o pré-operatório até todo o pós e que seja mantido o curativo. Como o nariz está sendo moldado em sua parte cartilaginosa e também parte óssea (a qual foi tratada por meio de raspagem e muitas vezes fratura do osso), é muito importante mantê-lo bem imobilizado.

O primeiro curativo é aplicado diretamente sobre a pele, esse curativo é feito de uma fita aderente, o método é chamado de microporagem, pois essa fita se chama micropore®.

Em cima do curativo de micropore® antigamente se usava uma imobilização rígida através de gesso. O gesso era cortado em camadas finas molhado na água e colocado em cima do micropore®.

No entanto, o gesso possui atualmente um substituto muito melhor, o curativo termo moldável. Ele é feito de plástico, literalmente moldado na água, quando a temperatura da mesma está acima 80 graus (80º).

A água bem quente amolece esse plástico, ele é cortado do tamanho exato da nova pirâmide nesse novo nariz que se deseja imobilizar. Então quando colocado na água quente, fica levemente transparente e o cirurgião coloca com todo cuidado a fim de manter a imobilização dos ossos e das cartilagens do nariz que já estão moldadas na microporagem.

O curativo termo moldável chama-se aquaplast. Depois colocado sobre o nariz em alguns minutos ele endurece e mantém a imobilização.

Por ser uma tecnologia mais moderna, o aquaplast sai em vantagem sobre o antigo material, pois não solta o pó do gesso que muitas vezes causava irritação na pele e nos olhos dos pacientes.

Essa imobilização é feita pela associação da microporagem e do aquaplast, mas também nos primeiros dois dias é usado um curativo de gaze externo no nariz pra absorver o sangue que escorre do nariz.

Passados esses dois dias, já não há sangramento nenhum e é retirado esse curativo externo. Ressaltamos sempre a importância da manutenção desse curativo que deve permanecer no nariz pelo período de sete a nove dias.

Algumas vezes após a retirada do aquaplast, pode ser recolocada uma nova camada de micropore® que fica mais uns cinco dias. Tudo isso é analisado caso a caso pelo cirurgião plástico especialista em rinoplastia

O Dr. Iran Sanches é especialista em rinoplastia, com experiência de muitos anos em cirurgia plástica e foco em rinoplastia. Esse tópico o ajudou? Alguma dúvida adicional? Entre em contato com nossa equipe e agende um horário, estamos à sua disposição!

 Dr. Iran Sanches

Dr. Iran Sanches

Especialista em Rinoplastia e Cirurgia Plástica

 Dr. Iran Sanches

Dr. Iran Sanches

Especialista em Rinoplastia e Cirurgia Plástica

Dr. Iran Sanches - CRM – 64705 | Cirurgia Geral RQE – nº 13043 | Cirurgia Plastica RQE – nº 13401

Formado em Medicina em 1987 pela Universidade Federal do Paraná, concluiu residência de Cirurgia Geral credenciada e reconhecida pelo MEC em 1989 e em Cirurgia Plástica em 1992, reconhecida pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.

Já em 1992 foi aprovado em exames de provas e de curriculum, tendo recebido Título de Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, registrado pelo CREMESP, e pelo Conselho Federal de Medicina.

Em 1996 realizou curso de Cirurgia Plástica na New York University e no Manhattan Eye, Ear & Throat Hospital.

Em 2003 cursos no Mount Vernon Hospital, Northwood e no St. Thomas Hospital em Londres. Em 2012 no Lenox Hill Hospital em NY fellowship em cirurgia facial e foco em rinoplastia. Complementação da formação no Langone Medical Center da New York University.

Em 2016 ascensão a Membro Titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, com a apresentação do trabalho “Rinoplastia: Uma análise retrospectiva”. Esse trabalho científico é baseado na análise de 775 pacientes submetidos a Rinoplastia, entre 1993 e 2015, revelando importantes aspectos dessa casuística.

Anatomista convidado para ministrar vários cursos no MARC (Miami Anatomical Research Center) em anatomia associada a cirurgia facial e procedimentos faciais minimamente invasivos.

Participando com frequência de congressos científicos nacionais e internacionais, se mantem sempre atualizado com as últimas técnicas e procedimentos em Cirurgia Plástica, para proporcionar o melhor tratamento aos pacientes, sempre dentro de altos critérios ético-científicos.

Saiba Mais
Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn

Siga-nos nos Instagram:

Preencha os campos abaixo e entraremos em contato o mais breve possível.

Abrir Chat
Fale com o Dr. Iran Sanches
Olá! Como podemos te ajudar?