Rinoplastia: Masculina x Feminina

Tempo de leitura: 1 minuto

A diferença entre a Rinoplastia Masculina e a Feminina.
A rinoplastia é uma das cirurgias plásticas mais procuradas por todo mundo, essa cirurgia é um procedimento de correção funcional ou de estética do nariz. Comumente, as principais queixas que levam as pessoas a procurarem os consultórios de cirurgia plástica são: as retirada de calombo, ponta caída, ponta alargada e correção do tamanho do órgão para o rosto.

A preocupação com a aparência do nariz é pelo fato de ele ocupar uma posição central no rosto. Sendo uma das primeiras estruturas determinante da face. Sendo assim, as rinoplastias devem ser aplicadas a partir de exames individuais, onde a cirurgia seja corretiva com as expectativas de cada paciente.

Diferença da Rinoplastia Masculina e Feminina

É primordial que cirurgião plástico analise individualmente cada paciente, atentando-se para as diferenças básicas entre as estruturas nasais femininas e masculinas. Afinal, a espessura da pele e a estrutura da cartilagem demandam de técnicas próprias.

O resultado final da rinoplastia masculina deve ser discreta, buscando um nariz com traços retos e marcantes. Além disso, o ângulo entre o nariz e o lábio não pode ultrapassar os 90 graus. No entanto, na rinoplastia feminina o objetivo é um nariz mais delicado com traços um pouco mais arredondados e um ângulo entre nariz e lábio de 95 a 105 graus.

Entretanto, nos dois casos, é importante que a mudança seja difícil de ser definida por um observador casual. Afinal, esse observador deve reconhecer que houve uma mudança para melhor.

Conte com o Dr. Iran Sanches

Conheça o Dr. Iran Sanches e tenha todos os benefícios deste método à sua disposição!

Cirurgias Faciais, Cirurgias Corporais e Procedimentos Estéticos - Dr. Iran Sanches

CRM – 64705
Cirurgia Geral RQE – nº 13043
Cirurgia Plastica RQE –  nº 13401

Especialista em Rinoplastia e Cirurgia Plástica
Formado em Medicina em 1987 pela Universidade Federal do Paraná, concluiu residência de Cirurgia Geral credenciada e reconhecida pelo MEC em 1989 e em Cirurgia Plástica em 1992, reconhecida pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.

Já em 1992 foi aprovado em exames de provas e de curriculum, tendo recebido Título de Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, registrado pelo CREMESP, e pelo Conselho Federal de Medicina.

Em 1996 realizou curso de Cirurgia Plástica na New York University e no Manhattan Eye, Ear & Throat Hospital.
Em 2003 cursos no Mount Vernon Hospital, Northwood e no St. Thomas Hospital em Londres. Em 2012 no Lenox Hill Hospital em NY fellowship em cirurgia facial e foco em rinoplastia. Complementação da formação no Langone Medical Center da New York University.

Em 2016 ascensão a Membro Titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, com a apresentação do trabalho “Rinoplastia: Uma análise retrospectiva”. Esse trabalho científico é baseado na análise de 775 pacientes submetidos a Rinoplastia, entre 1993 e 2015, revelando importantes aspectos dessa casuística.

Anatomista convidado para ministrar vários cursos no MARC (Miami Anatomical Research Center) em anatomia associada a cirurgia facial e procedimentos faciais minimamente invasivos.

Participando com frequência de congressos científicos nacionais e internacionais, se mantem sempre atualizado com as últimas técnicas e procedimentos em Cirurgia Plástica, para proporcionar o melhor tratamento aos pacientes, sempre dentro de altos critérios ético-científicos.