Por que fazer uma rinoplastia?

Tempo de leitura: 2 minutos

Algumas pessoas possuem algumas queixas sobre seu nariz quanto ao tamanho, forma e também em relação a aspectos como a ponta, narinas, simetria e do topo, por exemplo, e optam pela rinoplastia, a cirurgia que visa harmonizar o nariz e tirar essas imperfeições com métodos inovadores e sem cicatrizes aparentes. Infelizmente, por pressão social e até mesmo da mídia, algumas pessoas optam por uma cirurgia que nem sempre é aquilo que realmente querem, sendo assim, é muito importante decidir e ponderar todos os fatores.

O quanto seu nariz te incomoda? Entenda mais sobre os motivos de fazer uma rinoplastia

Podem existir vários motivos que justificam a realização da rinoplastia. O importante, antes de tudo é a motivação da cirurgia seja autêntica, afinal, só ele pode decidir pela operação ou não. Conversar com o cirurgião, estudar as expectativas do procedimento e estudar sobre a cirurgia é muito importante. Sendo assim, separamos os motivos mais conhecidos que os pacientes relatam:

Problemas com autoestima

No topo da lista, os problemas de autoestima relacionados a forma do nariz são os maiores motivos para uma pessoa fazer a cirurgia de rinoplastia. Ao olhar para o nariz e perceber que ele não é como a pessoa quer, pode gerar desconforto, ainda mais pela sua posição, que é muito visível e está no meio do rosto.

Tamanho

Um nariz grande não necessariamente é feio ou desarmônico, mas se ele não combina com o tamanho dos outros elementos do rosto da pessoa, pode se tornar um problema estético. O nariz grande é um dos maiores motivos que fazem o paciente a procurar ajuda do cirurgião. A rinoplastia visa estruturar e tornar o nariz menor de forma natural, prezando pelo que é possível. Nem sempre será possível reduzir grandemente o tamanho do nariz, mas o especialista irá trabalhar para entregar o melhor resultado possível.

Nariz torto

Um nariz torto ou com deformações  pode ser causado por uma lesão anterior ou pode ser congênito, inclusive! O desvio pode envolver os ossos (mais frequentemente em traumas ou fraturas) ou septo nasal (cartilagem que separa uma cavidade nasal de outra). Independente do que causou a falta de simetria, com a rinoplastia essa imperfeição pode ser facilmente solucionada de forma sutil.

 

Nariz largo

Ponta achatada, abas nasais largas e grandes narinas são características do famoso “nariz de batata”. Essas características podem ganhar um fim com a cirurgia. Inclusive, em apenas uma cirugia, todos essas imperfeições podem ser amenizadas, assim como extirpadas!

Dr. Iran Sanches

Há diversos anos atuando com variados tipos de cirurgias plásticas, Dr. Iran Sanches é especialista em rinoplastia e trabalha com métodos inovadores. Que tal entrar em contato e conhecer mais sobre a rinoplastia e seus tipos? Marque sua consulta!

Cirurgias Faciais, Cirurgias Corporais e Procedimentos Estéticos - Dr. Iran Sanches

CRM – 64705
Cirúrgia Geral RQE – nº 13043
Cirúrgia Plastica RQE –  nº 13401

Especialista em Rinoplastia e Cirurgia Plástica
Formado em Medicina em 1987 pela Universidade Federal do Paraná, concluiu residência de Cirurgia Geral credenciada e reconhecida pelo MEC em 1989 e em Cirurgia Plástica em 1992, reconhecida pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.

Já em 1992 foi aprovado em exames de provas e de curriculum, tendo recebido Título de Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, registrado pelo CREMESP, e pelo Conselho Federal de Medicina.

Em 1996 realizou curso de Cirurgia Plástica na New York University e no Manhattan Eye, Ear & Throat Hospital.

Em 2003 cursos no Mount Vernon Hospital, Northwood e no St. Thomas Hospital em Londres. Em 2012 no Lenox Hill Hospital em NY fellowship em cirurgia facial e foco em rinoplastia. Complementação da formação no Langone Medical Center da New York University.

Em 2016 ascensão a Membro Titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, com a apresentação do trabalho “Rinoplastia: Uma análise retrospectiva”. Esse trabalho científico é baseado na análise de 775 pacientes submetidos a Rinoplastia, entre 1993 e 2015, revelando importantes aspectos dessa casuística.

Anatomista convidado para ministrar vários cursos no MARC (Miami Anatomical Research Center) em anatomia associada a cirurgia facial e cirurgias faciais minimamente invasivos.

Participando com frequência de congressos científicos nacionais e internacionais, se mantem sempre atualizado com as últimas técnicas e procedimentos em Cirurgia Plástica, para proporcionar o melhor tratamento aos pacientes, sempre dentro de altos critérios ético-científicos.