Tudo sobre rinosseptoplastia

Médico aplicando anestesia em paciente

É muito comum os pacientes que relatam queixa com o nariz terem incômodo estético e funcional, ou seja, a aparência lhes desagrada e a respiração sofre prejuízos, o que interfere muito em sua qualidade de vida.

Para esses casos, é indicada a cirurgia de rinosseptoplastia, se você tem interesse nesse procedimento, confira o texto!

O que é o desvio de septo?

O quadro de desvio de septo se caracteriza por uma alteração na estrutura da parede nasal, constituída por mucosas, cartilagens e osso, a região que separa as narinas, deixando uma delas (ou ambas) mais acentuada para um dos lados.

Essa condição prejudica a respiração e qualidade de vida do paciente, pode estar ligada a rinite e sinusite, prejudicar o sono, causar dores de cabeça e atrapalhar atividades físicas.

A cirurgia que corrige o desvio de septo é denominada de septoplastia, ela reverte os incômodos ocasionados por essa condição.

Leia também: Pré-operatório

O que é a rinosseptoplastia?

Esse procedimento é a junção da cirurgia de septoplastia, que corrige a parte funcional tratando o desvio de septo, com a cirurgia plástica de rinoplastia, que proporciona mais harmonia e beleza aos traços faciais pela correção estética do nariz.

A indicação para esse procedimento deve vir pela análise de exames como tomografia computadorizada dos seios da face e exame clínico.  Por meio disso o cirurgião plástico irá detectar a necessidade da cirurgia, observando também as queixas e desejos do paciente, orientando-o de forma correta.

Quais as vantagens da rinosseptoplastia?

A combinação dos procedimentos de septoplastia e rinoplastia é muito comum e traz muitos benefícios aos pacientes, entre eles, a redução do período de repouso e de qualquer desconforto de pós-operatório por ser um procedimento único, uma única anestesia e internação e o enorme ganho em satisfação, felicidade, autoestima e também em melhora na respiração.

Como é feita a rinosseptoplastia?

A técnica para a realização da rinosseptoplastia é similar à de rinoplastia, pode ser feita pelo método de cirurgia aberta ou fechada. Na cirurgia aberta, é feita uma incisão e a pele é separada do nariz.

Esse tipo de procedimento geralmente é realizado em casos mais complexos, onde o médico necessita de maior visualização. Normalmente a cicatriz é imperceptível.

A cirurgia fechada é realizada com uma incisão na parte interna do nariz, nesse caso, nem incisão nem pontos são visíveis nesta situação. É indicado quando as mudanças e as correções são consideradas de menor complexidade.

Em ambos os casos, a correção do desvio de septo é realizada primeiro, e depois a parte estética. A rinosseptoplastia é uma cirurgia que exige um alto grau de experiência e especialização do cirurgião plástico, assim o paciente se sentirá mais seguro e os resultados positivos serão maximizados.

Geralmente dura em média quatro horas e é realizada com anestesia geral, a forma que proporciona mais segurança ao paciente, pois a parte óssea do nariz será acessada.

Como é o pós-operatório de rinosseptoplastia?

O pós-operatório desse procedimento é acompanhado por leve incômodo no local onde as intervenções cirúrgicas foram realizadas, sobretudo em razão da correção do septo, mas facilmente tratado com analgésicos.

Outro ponto bem comum no pós-operatório é a congestão nasal, ou seja, sensação de nariz entupido, isso é totalmente normal. A cartilagem está sensível e inchada, esse inchaço costuma desaparecer após a primeira semana.

Uma recomendação muito importante durante o período de recuperação é a higiene adequada do nariz. É recomendável limpar o nariz várias vezes ao dia para evitar o aumento de secreções.

Também pode ocorrer inchaço na parte externa do rosto, geralmente acompanhado de pequenos hematomas. O cirurgião plástico deverá indicar compressas frias de soro fisiológico ou de chá de camomila para reversão. Dormir com a cabeça elevada nos primeiros dias após a cirurgia também é recomendado.

Algumas situações que devem ser evitadas para que o paciente tenha um pós-operatório mais tranquilo e resultados melhores, dentre elas estão:

  • exposição solar (mormaço e lugares quentes também devem ser evitados) 
  • uso de óculos de grau e de sol não é permitido por pelo menos 2 meses
  • atividades físicas por igual período devem ser suspensas

Comparecer aos retornos com o profissional que realizou o procedimento e seguir corretamente as orientações são os pontos principais para um pós-operatório de sucesso, não somente para rinosseptoplastia, mas para todas as cirurgias, estéticas ou funcionais.

O Dr. Iran Sanches é titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP) e possui experiência de muitos anos em cirurgia plástica. Especialista em rinoplastia, cirurgia facial e cirurgia corporal, mas principalmente o Dr. Iran é especialista em elevar a autoestima dos pacientes.

Esse tópico o ajudou? Alguma dúvida adicional?

Entre em contato com nossa equipe e agende um horário, estamos à sua disposição!

 Dr. Iran Sanches

Dr. Iran Sanches

Especialista em Rinoplastia e Cirurgia Plástica

 Dr. Iran Sanches

Dr. Iran Sanches

Especialista em Rinoplastia e Cirurgia Plástica

Dr. Iran Sanches - CRM – 64705 | Cirurgia Geral RQE – nº 13043 | Cirurgia Plastica RQE – nº 13401

Formado em Medicina em 1987 pela Universidade Federal do Paraná, concluiu residência de Cirurgia Geral credenciada e reconhecida pelo MEC em 1989 e em Cirurgia Plástica em 1992, reconhecida pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.

Já em 1992 foi aprovado em exames de provas e de curriculum, tendo recebido Título de Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, registrado pelo CREMESP, e pelo Conselho Federal de Medicina.

Em 1996 realizou curso de Cirurgia Plástica na New York University e no Manhattan Eye, Ear & Throat Hospital.

Em 2003 cursos no Mount Vernon Hospital, Northwood e no St. Thomas Hospital em Londres. Em 2012 no Lenox Hill Hospital em NY fellowship em cirurgia facial e foco em rinoplastia. Complementação da formação no Langone Medical Center da New York University.

Em 2016 ascensão a Membro Titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, com a apresentação do trabalho “Rinoplastia: Uma análise retrospectiva”. Esse trabalho científico é baseado na análise de 775 pacientes submetidos a Rinoplastia, entre 1993 e 2015, revelando importantes aspectos dessa casuística.

Anatomista convidado para ministrar vários cursos no MARC (Miami Anatomical Research Center) em anatomia associada a cirurgia facial e procedimentos faciais minimamente invasivos.

Participando com frequência de congressos científicos nacionais e internacionais, se mantem sempre atualizado com as últimas técnicas e procedimentos em Cirurgia Plástica, para proporcionar o melhor tratamento aos pacientes, sempre dentro de altos critérios ético-científicos.

Saiba Mais
Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn

Siga-nos nos Instagram:

foto doutor iran sanches operando

Preencha os campos abaixo e entraremos em contato o mais breve possível.

Esse site utiliza cookies para garantir uma melhor experiência. Clique em "Continuar" para aceitar e avançar.

Abrir Chat
Fale com o Dr. Iran Sanches
Olá! Como podemos te ajudar?