Qual a diferença entre cirurgia estética e cirurgia plástica reparadora?

Mulher com cirurgia reparadora na mama

A cirurgia plástica pode ser realizada para a busca de uma imagem perfeita e harmonia dos traços, ou em alguns casos para solucionar problemas de saúde, podendo ser estéticas ou reparadoras!

No texto abaixo, vamos esclarecer as principais dúvidas.

Cirurgia plástica estética e cirurgia reparadora, qual a diferença?

As buscas pelas cirurgias plásticas estão aumentando cada dia mais e o Brasil se torna um dos países que mais realiza os procedimentos. Existe a cirurgia que é feita pela estética onde o resultado final é a beleza, e a cirurgia reparadora onde além da aparência envolve a saúde dos pacientes e melhoria na qualidade de vida.

O que é a cirurgia plástica estética?

Na cirurgia estética, o cirurgião plástico irá através de técnicas fazer alterações onde tem como única finalidade a busca pela perfeição física, podendo ser realizada em diversas áreas do corpo.

O paciente que decide por realizar a cirurgia, muitas vezes já tentou através de procedimentos estéticos não invasivos e/ou exercícios físicos chegar a imagem que para ele é a ideal, mas muitas vezes difícil ou até mesmo impossível de alcançar e com a cirurgia plástica é possível resolver este incômodo.

Quais as principais cirurgias plásticas estéticas?

As cirurgias plásticas estéticas são normalmente divididas entre faciais e corporais, entre elas as mais procuradas são as seguintes:

Cirurgias plásticas faciais

Rinoplastia: É a cirurgia que irá transformar o formato do nariz, modificando a estrutura nasal trazendo maior harmonia e naturalidade aos pacientes.

Otoplastia: Também conhecida como orelha de abano, irá diminuir e definir as orelhas dos pacientes.

Blefaroplastia: Consiste na remoção de excesso de pele e de bolsas de gordura nas pálpebras superiores, inferiores ou em ambas.

Facelifting: Cirurgia que promove rejuvenescimento facial através da retirada de excesso de pele da face.

Cirurgias plásticas corporais

Lipoaspiração: Técnica que retira excesso de gordura através de cânulas por sucção, podendo ser feita em diversas partes do corpo, porém a mais realizada é a abdominal.

Abdominoplastia: Cirurgia que alia a lipoaspiração que é a retirada de gordura com a remoção de excesso de pele nas regiões escolhidas, deixando o resultado mais definido.

Mamoplastia de aumento: É realizada a inclusão de próteses mamárias com a finalidade de aumentar o volume das mamas.

Como é realizada a cirurgia plástica reparadora?

A cirurgia plástica reparadora tem como maior objetivo devolver alguma funcionalidade ao paciente, que pode ter perdido a por alguma doença congênita ou por ter sofrido um acidente. A principal característica deixa de ser a estética e sim direcionada a saúde do paciente.

E quais são as principais cirurgias plásticas reparadoras?

Através da cirurgia plástica reparadora também é possível a busca por uma melhor aparência, mas a principal finalidade é a solução para queixas funcionais, que como dito acima podem ter causas congênitas ou serem decorrentes de um acidente, abaixo citamos algumas dessas cirurgias.

Mastectomia: Durante o tratamento de um câncer de mama, algumas pacientes precisam fazer também a retirada total da mama, nestes casos a mastectomia será aliada a inclusão de prótese mamária, devolvendo a autoestima da paciente.

Ptose palpebral: Consiste na retirada de excesso de pele que com o passar dos anos cai sobre os olhos, causando irritação e muitas vezes dificultando a visão.

Redução de mama: muitas mulheres sofrem com o tamanho dos seus seios, o excesso de volume, faz com que as pacientes tenham problemas nas costas, afetando a postura e trazendo muitas dores. Este volume acentuado dos seios também pode ocasionar problemas de pele, causando feridas na região abaixo da linha do sutiã. A cirurgia de redução de mama é extremamente benéfica para a saúde da paciente.

Pós Bariátrica: Pacientes que foram submetidos à cirurgia bariátrica, após o emagrecimento gerado pela cirurgia, ficam com um excesso de pele que pode se concentrar em diversas regiões do corpo, necessitando de retirada. A cirurgia de pós bariátrica traz maior satisfação do paciente com o seu próprio corpo.

Septoplastia: É a  cirurgia que trata de desvio de septo, que quando não operado pode trazer dificuldade respiratória aos pacientes. Muitas vezes afeta a rotina, dificultando a realização de atividades físicas por não conseguir manter a constância da respiração e também na maioria dos casos esses pacientes não conseguem ter uma noite tranqüila de sono, pela interrupção de roncos e apnéia.

Lábio Leporino: Deformidade no lábio superior, que afeta a fala e a respiração, esta cirurgia transforma não somente a parte física como também a funcional.

Enxerto de pele: Utilizados em sua maioria para pacientes que sofreram queimaduras, o enxerto de pele reduz cicatrizes deixadas.

O Dr. Iran Sanches é titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica e possui experiência de muitos anos em cirurgia plástica. Especialista em rinoplastia, cirurgia facial e cirurgia corporal, mas principalmente o Dr. Iran é especialista em elevar a autoestima dos pacientes.

Esse tópico o ajudou? Alguma dúvida adicional? Entre em contato com nossa equipe e agende um horário, estamos à sua disposição!

 Dr. Iran Sanches

Dr. Iran Sanches

Especialista em Rinoplastia e Cirurgia Plástica

 Dr. Iran Sanches

Dr. Iran Sanches

Especialista em Rinoplastia e Cirurgia Plástica

Dr. Iran Sanches - CRM – 64705 | Cirurgia Geral RQE – nº 13043 | Cirurgia Plastica RQE – nº 13401

Formado em Medicina em 1987 pela Universidade Federal do Paraná, concluiu residência de Cirurgia Geral credenciada e reconhecida pelo MEC em 1989 e em Cirurgia Plástica em 1992, reconhecida pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.

Já em 1992 foi aprovado em exames de provas e de curriculum, tendo recebido Título de Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, registrado pelo CREMESP, e pelo Conselho Federal de Medicina.

Em 1996 realizou curso de Cirurgia Plástica na New York University e no Manhattan Eye, Ear & Throat Hospital.

Em 2003 cursos no Mount Vernon Hospital, Northwood e no St. Thomas Hospital em Londres. Em 2012 no Lenox Hill Hospital em NY fellowship em cirurgia facial e foco em rinoplastia. Complementação da formação no Langone Medical Center da New York University.

Em 2016 ascensão a Membro Titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, com a apresentação do trabalho “Rinoplastia: Uma análise retrospectiva”. Esse trabalho científico é baseado na análise de 775 pacientes submetidos a Rinoplastia, entre 1993 e 2015, revelando importantes aspectos dessa casuística.

Anatomista convidado para ministrar vários cursos no MARC (Miami Anatomical Research Center) em anatomia associada a cirurgia facial e procedimentos faciais minimamente invasivos.

Participando com frequência de congressos científicos nacionais e internacionais, se mantem sempre atualizado com as últimas técnicas e procedimentos em Cirurgia Plástica, para proporcionar o melhor tratamento aos pacientes, sempre dentro de altos critérios ético-científicos.

Saiba Mais
Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn

Siga-nos nos Instagram:

foto doutor iran sanches operando

Preencha os campos abaixo e entraremos em contato o mais breve possível.

Esse site utiliza cookies para garantir uma melhor experiência. Clique em "Continuar" para aceitar e avançar.

Abrir Chat
Fale com o Dr. Iran Sanches
Olá! Como podemos te ajudar?