Quais os benefícios da Isotretinoína (Roacutan®) no pós-operatório de rinoplastia: Leia e compreenda mais!

A substância Isotretinoína é conhecida comercialmente como Roacutan®, uma medicação via oral muito eficaz indicada para tratamento de quadros de acne grave. No entanto, estudos mais recentes mostram que esse produto também traz ótimos resultados no pós-operatório de rinoplastia.

Entenda mais sobre esse assunto nesse texto que preparamos!

Quais as indicações do Roacutan®?

O Roacutan® é o nome utilizado comercialmente e mais popular do ativo medicamentoso Isotretinoína. Ele é normalmente recomendado para tratamento de acne severa e/ou resistente, acne rosácea e até mesmo para pessoas que têm queixa em relação à autoestima causada pela aparência da pele acneica.

Quando o Roacutan®  é indicado para acne compreende casos em que tratamentos alternativos não se mostram eficazes, como o uso de antibióticos conhecidos. Como todo medicamento pode oferecer efeitos colaterais, portanto requer a comprovação por meio de exames que mostrem o bom estado de saúde do paciente, para só assim ter seu uso liberado.  

O Roacutan® promove um estímulo para que a pele possa expulsar o sebo em excesso que está no interior das glândulas sebáceas. Essas glândulas estão associadas aos folículos pilosos na nossa pele e são responsáveis por produzir o sebo e consequente oleosidade.

A adolescência é o período em que as nossas glândulas sebáceas estão com a produção mais elevada. Na adolescência também temos o auge das questões relacionadas à estética e autoestima, nesse sentido podemos aliar essa discussão com procedimentos estéticos e cirurgias plásticas. O Roacutan® também pode ser benéfico no pós-operatório de uma cirurgia plástica, como a rinoplastia.

Vale ressaltar também que pacientes em idade adulta ou mais madura também podem se beneficiar dos mesmos pontos positivos do uso da Isotretinoína no pós de rinoplastia.

Como o Roacutan® é usado no pós-operatório de rinoplastia?

Como mencionamos, durante a adolescência é a fase em que as pessoas costumam ter mais incômodos com aparência. Por exemplo, uma queixa bastante comum é em relação ao tamanho e forma do nariz, por essa razão um grande número de pacientes jovens buscam a rinoplastia.

A rinoplastia é uma cirurgia estética que por meio de diversas técnicas acessa e modifica a estrutura óssea e cartilaginosa do nariz. O objetivo é tornar o nariz mais harmônico com o rosto, dessa forma alcançando beleza pelo equilíbrio das formas.

Atualmente na internet temos discutido sobre um novo uso do medicamento Roacutan®. Os cirurgiões plásticos e pesquisadores da área têm estudado e averiguado como os princípios ativos dessa medicação podem beneficiar o resultado da cirurgia de rinoplastia.

Leia Mais: Rinoplastia antes e depois

O Roacutan® pode ser indicado durante o pós-operatório de rinoplastia na intenção de potencializar os resultados e ajudar a modelar o novo nariz. Vamos lhe explicar como essa associação acontece.

Primeiro é importante entender que o medicamento com uso isolado não proporciona nenhum efeito no nariz, somente após a rinoplastia com indicação correta. O paciente não deve iniciar o uso por conta própria visando objetivos meramente estéticos.

Quando o cirurgião plástico indica o Roacutan® no pós-operatório de rinoplastia a intenção é acelerar a recuperação e complementar os resultados, principalmente quanto ao afinamento da pele do rosto e nariz. A recomendação é feita de modo totalmente único e avaliando cada caso, sendo que o medicamento é prescrito via oral em doses baixas.

Outro ponto considerado quando falamos de rinoplastia é o tipo de pele do paciente. Peles mais espessas, ou seja, mais grossas mostram menos os resultados da rinoplastia, sendo isso uma limitação. Ao mesmo tempo, as peles mais finas evidenciam bem mais os efeitos de um nariz remodelado e como dissemos, um dos efeitos da medicação é tornar a pele mais fina.

O tempo necessário do tratamento também é avaliado individualmente, dependendo da espessura da pele. A redução da produção de sebo, que já mencionamos como efeito da Isotretinoína oral, está bem ligada às vantagens nos resultados da rinoplastia.

Os benefícios são a diminuição do edema (inchaço) residual da cirurgia, melhoria na textura da pele do nariz, portanto percepção de pele mais fina e maior evidência de resultados e também pode reduzir possibilidade de hipertrofia nas cicatrizes.

O cirurgião plástico indica a Isotretinoína somente após exames que comprovem o bom estado de saúde do paciente, em associação com um médico dermatologista que pode prescrever a medicação. Além dos exames solicitados para iniciar o uso, exames de controle durante o tratamento também são necessários.

Por atuar diretamente na produção de sebo e oleosidade da pele, um de seus efeitos adversos é o ressecamento da pele do corpo, rosto e principalmente dos lábios. O paciente deve estar orientado quanto à importância do uso de hidratantes corporais e labiais.

Leia Mais: Remoção de manchas

O Dr. Iran Sanches é titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica e possui experiência de 30 anos em cirurgia plástica. Especialista em rinoplastia, cirurgia facial e cirurgia corporal, mas principalmente o Dr. Iran é especialista em elevar a autoestima dos pacientes.

Esse tópico o ajudou? Alguma dúvida adicional? Entre em contato com nossa equipe e agende um horário, estamos à sua disposição!

 Dr. Iran Sanches

Dr. Iran Sanches

Especialista em Rinoplastia e Cirurgia Plástica

 Dr. Iran Sanches

Dr. Iran Sanches

Especialista em Rinoplastia e Cirurgia Plástica

Dr. Iran Sanches - CRM – 64705 | Cirurgia Geral RQE – nº 13043 | Cirurgia Plastica RQE – nº 13401

Formado em Medicina em 1987 pela Universidade Federal do Paraná, concluiu residência de Cirurgia Geral credenciada e reconhecida pelo MEC em 1989 e em Cirurgia Plástica em 1992, reconhecida pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.

Já em 1992 foi aprovado em exames de provas e de curriculum, tendo recebido Título de Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, registrado pelo CREMESP, e pelo Conselho Federal de Medicina.

Em 1996 realizou curso de Cirurgia Plástica na New York University e no Manhattan Eye, Ear & Throat Hospital.

Em 2003 cursos no Mount Vernon Hospital, Northwood e no St. Thomas Hospital em Londres. Em 2012 no Lenox Hill Hospital em NY fellowship em cirurgia facial e foco em rinoplastia. Complementação da formação no Langone Medical Center da New York University.

Em 2016 ascensão a Membro Titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, com a apresentação do trabalho “Rinoplastia: Uma análise retrospectiva”. Esse trabalho científico é baseado na análise de 775 pacientes submetidos a Rinoplastia, entre 1993 e 2015, revelando importantes aspectos dessa casuística.

Anatomista convidado para ministrar vários cursos no MARC (Miami Anatomical Research Center) em anatomia associada a cirurgia facial e procedimentos faciais minimamente invasivos.

Participando com frequência de congressos científicos nacionais e internacionais, se mantem sempre atualizado com as últimas técnicas e procedimentos em Cirurgia Plástica, para proporcionar o melhor tratamento aos pacientes, sempre dentro de altos critérios ético-científicos.

Saiba Mais
Facebook
LinkedIn

Siga-nos nos Instagram:

foto doutor iran sanches operando

Preencha os campos abaixo e entraremos em contato o mais breve possível.

Esse site utiliza cookies para garantir uma melhor experiência. Clique em "Continuar" para aceitar e avançar.

Abrir Chat
Fale com o Dr. Iran Sanches
Olá! Como podemos te ajudar?