Qual a melhor idade para realizar a blefaroplastia?

Tempo de leitura: 1 minuto

O rosto é a área do corpo que mais de destaca, a pele dessa região é mais delicada e mais fina que em outras áreas, por essa razão, muito sujeita a flacidez. Com o passar dos anos é natural que a tonicidade da pele, ou seja, a firmeza vá diminuindo, nesse caso há a indicação de procedimentos e cirurgias estéticas que possam reparar essa condição, como o caso da blefaroplastia.

A blefaroplastia é uma cirurgia que corrige a pele em excesso abaixo e acima dos olhos, as bolsinhas e a flacidez das pálpebras, prejudiciais ao contorno da área dos olhos. Para alguns pacientes além do benefício estético na melhora da aparência, retira-se aspecto de cansaço, proporciona rosto com aspecto mais jovem.

No entanto, a blefaroplastia não é uma cirurgia somente para pessoas de idade já avançada com grandes sinais de envelhecimento, pois pacientes jovens podem apresentar indicação para esse procedimento. Não há uma idade fixa para realizar esse procedimento, o momento certo quando existe a necessidade real, ou seja, quando o paciente apresentar sobra de pele e presença de bolsas, de forma que cause incomodo para o paciente. Isso pode ocorrer aos 30 anos, aos 40 ou aos 60.

O que determina realmente a necessidade de realizar a blefaroplastia é a queixa do paciente e a confirmação do cirurgião plástico através de exame clínico. Assim como para todas as outras cirurgias o paciente deve buscar um profissional sério e capacitado para realizar o procedimento.

Cirurgias Faciais, Cirurgias Corporais e Procedimentos Estéticos - Dr. Iran Sanches

CRM – 64705
Cirurgia Geral RQE – nº 13043
Cirurgia Plastica RQE –  nº 13401

Especialista em Rinoplastia e Cirurgia Plástica
Formado em Medicina em 1987 pela Universidade Federal do Paraná, concluiu residência de Cirurgia Geral credenciada e reconhecida pelo MEC em 1989 e em Cirurgia Plástica em 1992, reconhecida pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.

Já em 1992 foi aprovado em exames de provas e de curriculum, tendo recebido Título de Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, registrado pelo CREMESP, e pelo Conselho Federal de Medicina.

Em 1996 realizou curso de Cirurgia Plástica na New York University e no Manhattan Eye, Ear & Throat Hospital.
Em 2003 cursos no Mount Vernon Hospital, Northwood e no St. Thomas Hospital em Londres. Em 2012 no Lenox Hill Hospital em NY fellowship em cirurgia facial e foco em rinoplastia. Complementação da formação no Langone Medical Center da New York University.

Em 2016 ascensão a Membro Titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, com a apresentação do trabalho “Rinoplastia: Uma análise retrospectiva”. Esse trabalho científico é baseado na análise de 775 pacientes submetidos a Rinoplastia, entre 1993 e 2015, revelando importantes aspectos dessa casuística.

Anatomista convidado para ministrar vários cursos no MARC (Miami Anatomical Research Center) em anatomia associada a cirurgia facial e procedimentos faciais minimamente invasivos.

Participando com frequência de congressos científicos nacionais e internacionais, se mantem sempre atualizado com as últimas técnicas e procedimentos em Cirurgia Plástica, para proporcionar o melhor tratamento aos pacientes, sempre dentro de altos critérios ético-científicos.