Benefícios da cirurgia de desvio de septo

Tempo de leitura: 2 minutos

O desvio de septo é um problema que gera diversos problemas nas vias respiratórias em milhares de brasileiros. O desvio de septo pode causar obstrução, nariz entupido, sinusite de repetição e até mesmo uma baixa qualidade de sono. Muitas vezes apenas a cirurgia pode tratar esse problema. Podendo ser feita junto com a rinoplastia, a septoplastia pode ser a solução para uma grande porção de pessoas que sofrem com esse mal. Essa cirurgia que melhora a vida de muitas pessoas, consiste em uma correção da tortuosidade do septo.

 

Saiba mais sobre a septoplastia, que pode ser associada à rinoplastia

Em muitos casos a cirurgia de septo pode ser feita em conjunto com a cirurgia de rinoplastia, a famosa cirurgia plástica para aperfeiçoar os traços do nariz. Ambos os procedimentos podem ser feitos pelo cirurgião plástico, mas a condição de desvio de septo precisa ser corretamente diagnosticada, assim como os exames complementares precisam ser realizados também. Compreenda mais sobre a septoplastia e porque essa cirurgia é essencial para dar qualidade de vida e melhorar a respiração dos pacientes. Confira!

Por que fazer a septoplastia? Quais são os benefícios?

A cirurgia que corrige o desvio de septo, a septoplastia, possui inúmeros benefícios e é recomendada para  quem sofre com esse problema e possui dificuldades para respirar e dormir, por exemplo. Entre os maiores benefícios da septoplastia, pode-se citar a melhora no paladar e olfato, respiração mais efetiva, sono sem interrupções, redução das crises de sinusite e melhora no desempenho esportivo, pois respirando normalmente o paciente terá mais fôlego.

Afinal, como a cirurgia de desvio de septo é feita?

A septoplastia é uma cirurgia pequena e feita de forma simples e com a menor incisão possível. A cirurgia consiste em um um pequeno corte feito dentro do nariz, onde por ele o médico poderá fazer o deslocamento da mucosa que está acima do osso do septo e da cartilagem. Após esse procedimento, o cirurgião poderá retirar as partes desviadas e assim poder colocar a mucosa novamente sobre o septo, que agora estará na posição certa.

 

Essa cirurgia além de garantir os benefícios para a vida do paciente, também possui diferenciais até em sua execução, já que a duração do procedimento chega a 1h30, assim como o paciente recebe anestesia local com sedação. Em 24h o paciente pode ir para casa normalmente.

 

Afinal, a septoplastia torna o nariz mais bonito?

O procedimento de septoplastia não é feito com um intuito estético, apesar de que dependendo do tamanho do desvio do septo, ele pode causar alterações positivas na estética do nariz. A cirurgia que se preocupa na estética do nariz se chama rinoplastia e possui diversas formas de ser feita, inclusive, pode ser feita em conjunto com a septoplastia.

Dr. Iran Sanches

Conheça o Dr. Iran Sanches e tenha todos os benefícios deste método à sua disposição! Entre em contato conosco e agende sua rinoplastia.

 

Cirurgias Faciais, Cirurgias Corporais e Procedimentos Estéticos - Dr. Iran Sanches

CRM – 64705
Cirurgia Geral RQE – nº 13043
Cirurgia Plastica RQE –  nº 13401

Especialista em Rinoplastia e Cirurgia Plástica
Formado em Medicina em 1987 pela Universidade Federal do Paraná, concluiu residência de Cirurgia Geral credenciada e reconhecida pelo MEC em 1989 e em Cirurgia Plástica em 1992, reconhecida pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.

Já em 1992 foi aprovado em exames de provas e de curriculum, tendo recebido Título de Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, registrado pelo CREMESP, e pelo Conselho Federal de Medicina.

Em 1996 realizou curso de Cirurgia Plástica na New York University e no Manhattan Eye, Ear & Throat Hospital.
Em 2003 cursos no Mount Vernon Hospital, Northwood e no St. Thomas Hospital em Londres. Em 2012 no Lenox Hill Hospital em NY fellowship em cirurgia facial e foco em rinoplastia. Complementação da formação no Langone Medical Center da New York University.

Em 2016 ascensão a Membro Titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, com a apresentação do trabalho “Rinoplastia: Uma análise retrospectiva”. Esse trabalho científico é baseado na análise de 775 pacientes submetidos a Rinoplastia, entre 1993 e 2015, revelando importantes aspectos dessa casuística.

Anatomista convidado para ministrar vários cursos no MARC (Miami Anatomical Research Center) em anatomia associada a cirurgia facial e procedimentos faciais minimamente invasivos.

Participando com frequência de congressos científicos nacionais e internacionais, se mantem sempre atualizado com as últimas técnicas e procedimentos em Cirurgia Plástica, para proporcionar o melhor tratamento aos pacientes, sempre dentro de altos critérios ético-científicos.