Posso escolher o meu nariz mais reto ou mais curvado?

Tempo de leitura: 2 minutos

As pessoas que desejam se submeter à cirurgia de rinoplastia buscam muitas informações sobre o procedimento, antes x depois, rotina de pós-operatório e etc, com base nisso e idealizam como o seu nariz será.

Você que se interessa pelo procedimento, certamente já imaginou se seria possível pedir ao cirurgião plástico como gostaria do resultado do seu nariz, certo? Vamos te explicar como funciona esse momento da escolha e as orientações mais corretas para esse caso, confira o texto!

 

A grande busca pelas cirurgias estéticas se dá para resolução de algum incômodo que o paciente tenha com seu corpo ou rosto. As pessoas que procuram pela rinoplastia, por exemplo, geralmente tem grande insatisfação com o nariz, o ponto de destaque do rosto, e relatam por essa razão ter sua autoestima abalada.

A rinoplastia pode promover mudanças tanto no tamanho como na forma do nariz, modelando-o de maneira mais harmônica aos demais traços faciais. Quanto ao resultado, o paciente deve trazer para o cirurgião especialista em rinoplastia as suas expectativas em relação à cirurgia.

Em consulta deve ser esclarecido se deseja ter um nariz mais reto e natural ou se almeja um nariz mais arrebitado com leve curvatura. Essa ideia deve ser bem amadurecida pelo paciente e explicada ao cirurgião, que por sua vez irá examinar fotografar e realizar uma análise de todas as dimensões faciais.

A partir dessa análise, da morfologia do rosto e dimensões do rosto, respectivamente do nariz com terço médio da face e terço inferior, o cirurgião estima o que é ideal para aquele nariz. Essa harmonia nos traços é algo analisado individualmente e não pode ser copiada de outro paciente ou de alguma celebridade.

 O cirurgião plástico especialista em rinoplastia costuma ser o mais franco possível e esclarecer que o que fica mais favorável para cada pessoa dentro das possibilidades cirúrgicas.

Quanto ao aspecto final, os narizes com mais curvatura imprimem uma aparência mais jovem, mas causam um pouco mais de percepção que uma cirurgia foi realizada, a mudança é mais visível.

 Enquanto nos narizes de dorso mais reto existe uma menor percepção por parte de amigos, família e colegas de trabalho que houve uma cirurgia estética, o impacto é menor.

A segunda opção é mais comumente procurada por pessoas mais maduras, de meia idade, que desejam melhorar a aparência sem grandes impactos visuais. É importante salientar que os melhores resultados decorrem do perfeito alinhamento entre expectativas, desejo dos pacientes e o que cirurgião julga ser melhor para cada caso.

 

Você é tem interesse na cirurgia de rinoplastia?

 

O Dr. Iran Sanches é especialista em rinoplastia, com experiência de muitos anos em cirurgia plástica e foco em rinoplastia. Esse tópico o ajudou? Alguma dúvida adicional? Entre em contato com nossa equipe e agende um horário, estamos à sua disposição!

Cirurgias Faciais, Cirurgias Corporais e Procedimentos Estéticos - Dr. Iran Sanches

CRM – 64705
Cirurgia Geral RQE – nº 13043
Cirurgia Plastica RQE –  nº 13401

Especialista em Rinoplastia e Cirurgia Plástica
Formado em Medicina em 1987 pela Universidade Federal do Paraná, concluiu residência de Cirurgia Geral credenciada e reconhecida pelo MEC em 1989 e em Cirurgia Plástica em 1992, reconhecida pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.

Já em 1992 foi aprovado em exames de provas e de curriculum, tendo recebido Título de Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, registrado pelo CREMESP, e pelo Conselho Federal de Medicina.

Em 1996 realizou curso de Cirurgia Plástica na New York University e no Manhattan Eye, Ear & Throat Hospital.
Em 2003 cursos no Mount Vernon Hospital, Northwood e no St. Thomas Hospital em Londres. Em 2012 no Lenox Hill Hospital em NY fellowship em cirurgia facial e foco em rinoplastia. Complementação da formação no Langone Medical Center da New York University.

Em 2016 ascensão a Membro Titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, com a apresentação do trabalho “Rinoplastia: Uma análise retrospectiva”. Esse trabalho científico é baseado na análise de 775 pacientes submetidos a Rinoplastia, entre 1993 e 2015, revelando importantes aspectos dessa casuística.

Anatomista convidado para ministrar vários cursos no MARC (Miami Anatomical Research Center) em anatomia associada a cirurgia facial e procedimentos faciais minimamente invasivos.

Participando com frequência de congressos científicos nacionais e internacionais, se mantem sempre atualizado com as últimas técnicas e procedimentos em Cirurgia Plástica, para proporcionar o melhor tratamento aos pacientes, sempre dentro de altos critérios ético-científicos.